A língua do bebê e o sucesso na amamentação



Você já ouviu falar do teste da linguinha? Ele é um protocolo de avaliação do frênulo lingual em bebês, garantido pela lei 13002 de junho de 2014, ou seja, todo bebê deveria ser avaliado, independente de onde nascer.


Os profissionais da saúde, não somente os fonoaudiólogos, podem realizar este teste, desde que capacitados para tal. Ele avalia a inserção do frênulo na língua, pra avaliar se ela é "presa", pois observou-se que bebês com língua presa podem ter dificuldade para mamar (além das questões posteriores como mastigação e fala).


O profissional deve elevar a língua do bebê para verificar se a língua está presa (analisando inserção do frênulo na base da boca e na própria língua), e também observar o bebê chorando e sugando. O exame não tem contraindicações, não dói, pode ser apenas incômodo em ver seu bebê chorando por poucos minutos.



Recomenda-se que a avaliação do frênulo da língua seja inicialmente realizada na maternidade ou logo após o nascimento (já que muitos bebês nascem em casa ;) ). A avaliação precoce é ideal para que os bebês sejam diagnosticados e tratados com sucesso.


O que fazer se a maternidade ou hospital não tiver realizado o teste? Avise o pediatra ou profissional da saúde logo na primeira consulta. Ele deverá encaminhar o bebê para os locais que estejam preparados para realizar o teste. Além disto, muitas consultoras podem indicar quem faça o teste, ou elas mesmo serem capacitadas para a realização do mesmo (eu sou ;) ).

Quando se avalia um frênulo encurtado, ou uma língua presa, além da forma, tem que se ter em mente a função. Quando a forma está alterada, mas a função de sucção permanece boa, não se precisa intervir, mas quando há comprometimento da função, ou seja, atrapalha na amamentação, uma frenotomia é indicada. A frenotomia é o famoso "pique" na língua e quão mais cedo for feito, durante o primeiro mês, menos problemas pra amamentar teremos, evitando dificuldades como possível perda de peso e, principalmente, o desmame precoce, com introdução desnecessária da mamadeira.


Seu bebê foi avaliado?

Se quiser ler mais sobre o assunto, recomendo a cartilha da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, disponível em:http://www.sbfa.org.br/port…/…/testelinguinha_2014_livro.pdf

Posts Em Destaque
Posts Recentes